Filhos
Ferramentas

Dicas para fotografar o seu filho

“Aproveita, vai passar rápido!” O conselho dado a todos os pais e mães com um recém-nascido no colo tem razão de ser. Mas a boa notícia é que hoje ficou fácil registrar os momentos especiais para sempre. “As máquinas fotográficas digitais e até mesmo os smartphones têm diversos recursos e estão cada vez mais disponíveis”, diz o fotógrafo Fernando Martinho, do estúdio Paralaxis, que é pai de uma adolescente e um menino de 6 anos. Habituado a clicar crianças para editoriais de revistas, Martinho dá dicas para você fotografar cada fase da infância do seu filho.

Para que sorrir?

Fuja das fotos posadas. “Crianças são espontâneas. No máximo, conseguimos chamar a atenção delas com brinquedos na hora da foto. Mas não dirigi-las”, afirma o fotógrafo. Em vez de forçar o seu filho a sorrir (ou esperar que ele dê risada, no caso dos bebês menores), que tal registrar aquele momento em que ele está brincando, sem mesmo perceber que é observado? Até porque se você interrompê-lo toda vez que quiser tirar uma foto, com o tempo, a tendência é que ele comece a detestar o papel de “modelo”.

Detalhes

Faça close dos pés e das mãozinhas, afinal, eles mudam tanto e, de fato, rapidamente. Fotografe os brinquedos, a soneca da tarde, a hora do banho. “A interação com outras crianças ou animais também rende bons cliques”, garante o fotógrafo.

Existem algumas regras da chamada composição fotográfica que tornam uma foto mais harmoniosa. Por exemplo, há algo no fundo da foto que chame mais a atenção do que objeto fotografado? Mas, para Martinho, em tempos de Instagram, vale a pena ousar. “Quem disse que não dá para tirar uma foto legal só da metade do rosto da criança?”, brinca.

Na mesma altura

Abaixe-se – ou mesmo sente-se no chão para ficar na altura da linha dos olhos da criança. Do contrário, todas as fotos vão ser feitas do mesmo ângulo, de cima para baixo, já que a criança é menor.

Desligue o flash

A luz natural deixa as fotos mais bonitas e não somente ao ar livre. Mesmo em ambientes fechados e, à noite, máquinas e celulares modernos conseguem capturar boas imagens. Atenção apenas para não tremer e perder o foco na hora do clique, o que pode deixar a foto com aparência borrada.

Invente

Solte a imaginação! Brinquem com a sombra (pode ser com a luz do abajur ou de uma lanterna), façam bolinhas de sabão, vistam fantasias. Como as crianças são curiosas, as fotos vão ficar naturais. E não tenha medo de tirar a máquina fotográfica do automático para explorar todas as possibilidades e funcionalidades que ela oferece. “Mas o mais importante é se divertir juntos”, conclui o fotógrafo.

Artigos Relacionados

9 Dicas para Fotografar o seu Filho 9 Dicas para Fotografar o seu Filho
Alguns detalhes fazem toda a diferença na hora de fazer fotos lindas das crianças. Fotografar não é difícil. Não existem regras, mas algumas...
5 Dicas para Fotografar o Parto 5 Dicas para Fotografar o Parto
Confira o que é bacana registrar na hora que seu filho nascer (e até antes disso). 1. A GRÁVIDA Primeiro, vale fazer as últimas fotos da...
Experiência coloca várias crianças de olhos vendados para saber se reconheceriam suas mães
O Dia das Mães passou e diversas campanhas surgiram abordando o tema. A marca de joias Pandora teve uma abordagem extremamente original e, claro,...
Dor de Barriga: 8 Tipos mais Comuns Dor de Barriga: 8 Tipos mais Comuns
Se você é mãe e nunca ouviu a frase do título, pode se sentir vivendo em uma realidade paralela. Um guia rápido para ajudar você a identificar...