Casamento
Ferramentas

É indiscutível a alegria que os filhos trazem para a vida de todos nós. Mas, confesse, a chegada das crianças mexe e muito!  com a vida do casal. Por isso, preparamos um plano para você e seu marido ficarem mais próximos  e mais felizes também. Coloque em prática!

“Ai, que saudade da época de namoro...” Se você já se pegou pensando nisso, não se culpe. A chegada de um (ou dois!) bebê na vida do casal muda muita coisa mesmo. Afinal, a energia do homem e da mulher se volta para aquela fofura tão pequena e que precisa de todo o cuidado e carinho. Com isso, um momento para o casal conversar, transar, namorar acaba ficando em segundo plano.

Mas há quem diga que a vida sexual melhora depois dos filhos... Foi o que revelou 24,16% dos 356 participantes de uma pesquisa realizada pela CRESCER. Apesar disso, esse não é o sentimento da maioria  65,45% responderam que se afastaram do companheiro com a chegada das crianças. E as razões para que esse distanciamento ocorra entre o casal são várias.

Primeiramente, é preciso considerar que a chegada da criança representa várias transições simultâneas: a do casal em família, a do homem em pai e a da mulher em mãe. Por isso, é necessário um período de adaptação para que os envolvidos se acostumem a esses novos papéis. “A maturidade do casal no sentido de compreender que a história mudou com o nascimento do bebê  e que isso pode somar em vez de dividir  acontece com o tempo. E só é possível com o movimento de não abrir mão das necessidades anteriores, como sair, viajar e conviver com amigos”, explica Márcia Moreira Volponi, da Associação Paulista de Terapia Familiar (APTF).

Mas como fazer tudo isso se o bebê exige atenção em período integral? Além de faltar tempo para ficar a sós com o seu companheiro, sobra cansaço. Normalmente, depois de um longo dia, quando o seu bebê está dormindo todo cheiroso, você só pensa em tomar um banho bem quente e aproveitar as horas de sono que dispõe. Fica mesmo difícil ter disposição e vontade para namorar desse jeito.

Principalmente no quesito sexo, a mulher geralmente é mais afetada, sobretudo logo após o nascimento do bebê, já que o cansaço do parto soma-se aos períodos de amamentação durante a madrugada. Além disso, existe também um fator emocional: “É natural que o desejo sexual da mulher fique um pouco mais abalado, pois ela está mais focada na maternidade do que no casal neste momento”, explica Éder Jorge Ribeiro, terapeuta familiar do Instituto de Terapia Familiar, de São Paulo.

Esse sentimento da mãe é mais bem compreendido se pensamos que a mulher já convive há mais tempo com a criança (ainda que de forma intrauterina). Por esse motivo, ela costuma ter uma afinidade maior com o filho em um primeiro momento. O detalhe é que os homens podem se sentir “excluídos” pelas esposas. “Geralmente, o marido sente-se deixado de lado quando é a mãe quem precisa cuidar do bebê, dar de mamar, etc. Mas ele precisa entender que a mulher fica mais focada na criança até como forma de compreender o que se passa com o bebê”, esclarece Isabel Cristina Gomes, do Instituto de Psicologia da USP. Vale lembrar que esse é um período passageiro  logo a mãe (e o pai, claro!) estará adaptada ao bebê e ele a ela.

Então, para que você e o seu parceiro fiquem mais entrosados do que nunca, veja algumas dicas simples- mas eficazes!

Divisão de tarefas

Cada casal tem a sua própria dinâmica, mas é fundamental que você e seu companheiro conversem sobre o que pode estar mais pesado para um e outro. Se está muito cansada por estar dormindo pouco, não hesite em pedir ajuda para o seu companheiro, nem que seja para ele fazer o bebê arrotar após a mamada da madrugada. Recado: não queira fazer tudo sozinha! Para o homem, é importante ter tanta interação com o filho quanto você.

Muita conversa

Dar espaço ao parceiro para que ele diga como se sente (sem recriminações!) é o primeiro passo para que o casal entre em sintonia. Além disso, é essencial não restrinjir os temas das conversas de vocês apenas aos filhos eles são mais um elo para unir vocês dois, mas não pode ser o único.

Tempo a dois

Parece clichê, mas é fundamental que o casal passe um momento apenas na companhia um do outro. E se você fizer disso parte da sua rotina, fica mais fácil. Reserve um dia por semana (OK, que seja a cada 15 dias....) na sua agenda para curtir seu marido. Pode ser uma ida ao cinema, a um restaurante gostoso... Importante: nada de desmarcar de última hora por causa do cansaço. Vai valer a pena. Aposte nisso!

Rede de apoio

Claro que para esse tempinho aí acontecer você vai precisar de ajuda para se ausentar. Por isso, recorra a pessoas de confiança, que cuidarão com carinho dos seus filhos, como avós, tios e padrinhos assim você consegue relaxar enquanto estiver curtindo seu marido. Ideia: que tal propor àquele casal de amigos bem próximos, que também tem filhos, que a cada quinze dias vocês se revezarão no cuidado das crianças?

Dia D

Não deixem de comemorar datas especiais para vocês pode ser aniversário de casamento, de noivado, de namoro, o dia em que vocês se conheceram, não importa! Ainda que esteja uma loucura com as crianças, sempre dá tempo de fazer um brinde  ainda que seja com guaraná em vez de champanhe. E depois que as crianças dormirem...

Sem tatibitate

Você jurava que jamais falaria com o seu filho com aquela vozinha que só os pais conseguem falar. OK, se você caiu nessa tentação, se limite às crianças (mas tenha cuidado também). Lembre-se: você e seu companheiro continuam sendo homem e mulher antes de serem pai e mãe. Nada de infantilizar a relação.

Inove o guarda-roupa

Tudo bem que leva um tempo para perder a barriguinha do pós-parto, mas você não precisa usar as roupas da época de grávida para sempre. Renove seu armário (ou customize algumas peças) e dê espaço para novas lingeries. Ele vai amar, aposte!

Privacidade!

Não acostume as crianças a dormirem na cama com vocês e sempre que estiverem namorando, deixem a porta do quarto trancada. Se o seu filho ainda for pequeno e você ficar com medo dele precisar de alguma coisa, deixe a babá-eletrônica ligada.

Descanso merecido

Fica mais fácil ter disposição para namorar se você se organizar para deitar logo depois de dar boa noite ao seu filho. Estabeleça um horário e faça o possível para cumpri-lo.

Sempre conectados

Ainda que com os filhos o seu tempo seja (bem) mais curto, mandar um SMS desejando Bom dia não vai levar mais do que dois minutos. Dê um telefonema no meio do dia, mande e-mail... Esse recado é para os dois!

Artigos Relacionados

10 Razões para NUNCA deixar seu filho beber refrigerante 10 Razões para NUNCA deixar seu filho beber refrigerante
Muitos de nós têm optado por escolhas mais saudáveis ​​para nós e nossa família. Certamente não é um processo fácil deixar maus hábitos...
Experiência coloca várias crianças de olhos vendados para saber se reconheceriam suas mães
O Dia das Mães passou e diversas campanhas surgiram abordando o tema. A marca de joias Pandora teve uma abordagem extremamente original e, claro,...
Dor de Barriga: 8 Tipos mais Comuns Dor de Barriga: 8 Tipos mais Comuns
Se você é mãe e nunca ouviu a frase do título, pode se sentir vivendo em uma realidade paralela. Um guia rápido para ajudar você a identificar...
Olha o Passarinho! Olha o Passarinho!
Dicas para fotografar o seu filho “Aproveita, vai passar rápido!” O conselho dado a todos os pais e mães com um recém-nascido no colo tem...

Gravidez Semana a Semana